Segunda, 24 de setembro de 2018
(86)99831-3533
Cidades

07/07/2018 ás 10h08

Ytalo Mix

Uruçuí / PI

Fábio Abreu justifica voto contrário à privatização da Eletrobras
A Câmara dos Deputados aprovou na última quarta-feira (4) o texto-base do projeto de lei que viabiliza a privatização de cinco distribuidoras de energia controladas pela Eletrobras.
Fábio Abreu justifica voto contrário à privatização da Eletrobras

O deputado federal Fábio Abreu (PR) publicou um vídeo onde esclarece seu posicionamento contra a privatização da Eletrobras. A Câmara dos Deputados aprovou na última quarta-feira (4) o texto-base do projeto de lei que viabiliza a privatização de cinco distribuidoras de energia controladas pela Eletrobras.


O republicano explica que dois pontos não foram bem resolvidos e o influenciaram na tomada de sua decisão. “Entendo que dois pontos não foram resolvidos nessa discussão. Primeiro a situação dos funcionários, a fundação que tem a responsabilidade desses funcionários teria um prejuízo muito grande. Daí a nossa observação nesse primeiro ponto”, explicou o capitão.


 


“O segundo ponto é o próprio valor da empresa que nós entendemos, inicia em um valor muito baixo e há um risco muito grande do estado ter esse prejuízo. Levando em consideração esses dois pontos eu me manifesto contra a privatização da Eletrobras”, continuou o deputado.


Além de Fábio Abreu, os deputados petistas Rejane Dias e Assis Carvalho também se manifestaram contra a privatização. O deputado Heráclito Fortes (DEM) votou a favor e Marcelo Castro (MDB) se absteve. Os outros parlamentares não compareceram à sessão.


O leilão das distribuidoras da Eletrobras está agendado para dia 26 de julho. A seis distribuidoras que irão a leilão serão Amazonas Energia, Centrais Elétricas de Rondônia (Ceron), Companhia de Eletricidade do Acre (Eletroacre), Companhia Energética de Alagoas (Ceal), Companhia de Energia do Piauí (Cepisa) e Boa Vista Energia.


Fonte: GP1

FONTE: Gp1

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Mais lidas
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium